Pular para o conteúdo

Saiba mais sobre produção de vídeo

produção de vídeo

Respeitar todas as etapas de um processo é essencial para que ele traga bons resultados. Isso vale para todas as áreas da sua estratégia de marketing e é muito importante, também, quando o assunto é a produção de vídeo.

Este é um meio para engajar o seu público em qualquer etapa da jornada de compra, ajudando sua marca a alcançar objetivos com alta performance.

Se você tomou a decisão certa e optou por implementar a produção de vídeo em sua estratégia, o próximo passo é garantir que esse trabalho seja executado da melhor forma. Afinal, qualquer erro no processo pode prejudicar os seus resultados almejados.

A publicidade é um dos fatores mais importantes na jornada de compra do cliente de qualquer empresa, já que ela é a ferramenta que permite que os consumidores encontrem o produto ou serviço que desejam comprar.

Existem inúmeros formatos, recursos e ações estratégicas diferentes que podem ser usados para promover uma marca, ideia, conceito ou mercadoria. Entre eles, a produção de vídeo é uma das mais tradicionalmente utilizadas, por causa de sua capacidade de transmitir uma mensagem aos seus espectadores com precisão.

Quais são os processos dentro da produção de vídeo?

Criar o roteiro

A primeira coisa a ser feita em uma produção de vídeo é captar todas as ideias, informações e os objetivos que estão soltos e uni-los em um único local, com o intuito de traçar um planejamento a ser seguido por todos os envolvidos no projeto.

Em outras palavras, o roteiro é o projeto do vídeo em si. Nele, devem constar os principais elementos narrativos. Por isso, é importante analisar as informações de marketing e estudar referências antes de simplesmente dar andamento às gravações.

Afinal, o roteiro deve atingir não somente as necessidades de comunicação da empresa, mas também o perfil de seus clientes, para que o resultado do conteúdo gerado seja capaz de se comunicar com o público-alvo.

Pré-produção

A etapa de pré-produção é decisiva para a qualidade final do seu vídeo. Portanto, é nela que deverá realizar as escolhas estratégicas a respeito do conteúdo desejado.

O primeiro passo deve ser a definição dos seus objetivos. O que a sua marca pretende alcançar com esse vídeo? Mais visibilidade? Vender determinado produto? Conquistar mais relevância no mercado? Seja o que for, você deve ter métricas associadas a esses objetivos.

É no estágio de pré-produção, também, construído o briefing, documento que registra todas as definições sobre o que será o vídeo.

Escolha do formato e/ou tipo de vídeo

Assim que você tiver todos os objetivos da produção de vídeo definidos, é a hora de escolher o melhor formato para o seu conteúdo, pois é a partir dele que você definirá o tom da locução, o tempo de duração, ritmo, a identidade visual e outros aspectos que darão “personalidade” ao projeto.

Vale mencionar que a escolha do formato do vídeo deve sempre considerar o perfil dos consumidores que o assistirão. Em outras palavras, é preciso que o conteúdo audiovisual se comunique utilizando uma linguagem que atraia os clientes.

Produção

O momento da produção é a execução de tudo o que foi planejado na pré-produção. Em síntese, é quando você grava o seu vídeo.

Para não perder dinheiro nem desperdiçar tempo, é importante seguir à risca o que foi definido no briefing e no roteiro. Afinal, a produção é o momento de transformar em realidade tudo o que foi previsto no papel.

Há flexibilidade para alterações, quando elas são realmente necessárias. Pode ser que, durante a gravação, determinada decisão tomada previamente não seja viável e precise ser ajustada.

Ainda seguindo o exemplo anterior, é nessa etapa em que a gravação do vídeo institucional acontece. O apresentador destaca o que foi designado no roteiro e, também, são captadas todas as imagens de apoio que serão utilizadas no vídeo.

Edição (pós-produção)

Após a etapa de gravação de todas as cenas e áudios que serão usados no vídeo, é a hora de realizar uma das tarefas que mais demanda responsabilidade em todo o projeto: a edição.

Resumindo, esse é o processo de selecionar apenas as melhores cenas e takes, organizando-os de forma linear, de modo que uma mensagem seja transmitida ao espectador com coerência e clareza.

É nessa etapa que são adicionados recursos como efeitos visuais, trilhas sonoras, locuções, artes gráficas e todo o conceito do diretor. Por isso, é muito importante que o editor de vídeo tenha experiência e discernimento para capturar a ideia do roteiro e transmiti-la no resultado da edição.

Somando o nível de responsabilidade que a edição de vídeo exige ao tempo que ela pode demandar, é muito comum que esse processo seja terceirizado para empresas e profissionais experientes, o que agiliza o andamento do projeto e elimina riscos de comprometer os resultados almejados.

Qual é o tempo e o custo de uma produção de vídeo?

Sabemos que imprevistos podem ocorrer durante as etapas da produção de vídeo, comprometendo toda a cadeia logística e gerando atrasos ou prejuízos. Mas, ao seguir todos os passos que mencionamos no artigo, é possível evitar uma série de contratempos e obter ótimos resultados sem grandes complicações.

Uma produção de vídeo institucional, por exemplo, pode demandar investimentos que variam entre R$ 15 mil a R$ 30 mil em média, podendo durar de 15 dias até meses, dependendo do nível de complexidade e das necessidades do projeto.

Entretanto, vale lembrar que uma produção de vídeo oferece um ótimo retorno de investimento, já que o tempo de vida útil do material obtido pode ser de quatro, cinco, seis anos, ou até mais do que isso.

Conclusão

Outra informação que você deve levar em conta é algo que a psicologia descobriu sobre o comportamento humano: as pessoas mantém sua atenção em algo, em geral, por 20 minutos, depois disso começam a se dispersar. Mas no caso de vídeos online o caso é ainda mais agudo: em 60 segundos os internautas já estão pensando em outras coisas e sua atenção ao vídeo já foi embora.

Isso só reforça os pontos principais de todas estas dicas de produção de vídeo:

  • Ele deve ser curto
  • Apresentar novidades o tempo todo
  • Passar a mensagem principal e uma “isca” nos primeiros 10 segundos.

 

Fonte: http://www.matildefilmes.com.br/servicos/produtora-de-videos-explicativos/